quinta-feira, agosto 03, 2006

Sooa – Peixe a S. Tomé e Príncipe

Sooa?? Pois é, encontramos* esta receita de S. Tomé e Príncipe e não resistimos a organizar um jantar com menu surpresa para os nossos queridos amigos... mais uma maneira de passarmos uma noite de verão em boa companhia. O cheirinho foi logo invadindo a casa toda e, depois, na hora da verdade, o sabor foi surpreendendo e os elogios surgindo... peixe com sabor africano, angu de banana e angu de milho! Uhmmm... delicioso!




Ingredientes

2 cebolas médias
1 dente de alho
1 beringela
2 colheres (sopa) de óleo de palma
1 colher (sopa) de azeite
1 folha de louro
250 g de tomate maduro
800 g de peixe limpo (utilizamos tamboril e cação)
400 g de camarão
malagueta, sal e pimenta q.b.

Modo de fazer

1.Comece por limpar o peixe da pele e espinhas, corte em lombos e tempere com sal.
2.Descasque a beringela, corte-a em cubos e deixe de molho em água com sal.
3.Limpe os camarões da casca, deixando a cabeça e a cauda. Reserve.
4.Ferva as cascas do camarão num pouco de água, coe e reserve a água.
5.Pique a cebola e o alho e refogue no óleo de palma e no azeite. Junte a folha de louro, malagueta, o romate picado e limpo de sementes. Vá acrescentando a água do camarão e deixe ferver. Tempere com sal e pimenta.
6.Adicione o peixe e deixe cozinhar durante dez minutos. Quase no fim, junte os camarões, rectifique os temperos e deixe terminar a cozedura.

Para acompanhar fizemos o angu de banana:




Cozinhar dez bananas com a casca, num tacho com água. Depois de cozidas, descasque-as e com a ajuda de um garfo, esmague-as bem. Forme um rolo e corte-o em fatias.

E não pode faltar o angu de milho:



Ponha água a ferver com sal e vá acrescentando o fubá de milho, mexendo sempre. Deixe cozinhar. A consistência é a gosto... nós gostamos não muito duro; e as quantidades é a olho (mais vale ir colocando a farinha de milho) lentamente para ir vendo a consistência.
Ou então, também vale comprar polenta pré-cozida. É a mesma coisa, na culinária africana e brasileira é conhecido por angu.


*Revista Mulher Moderna na Cozinha, Agosto, 2006

6 comentários:

Elvira disse...

Tem um óptimo aspecto! Que delícia!

Sandra disse...

Hummm...que fome!!!

Um beijinho e bom fim de semana!

kabe ludo disse...

Andava há uns dias á procura de receitas de couscous quando me deparei com este blog...após ler alguns posts, foi incontornável a decisão de o adicionar ao meus favoritos!!! :)

Sou aquilo que na giria se denomina de bom garfo...ou como costumo dizer entre amigos: "O que vier...morre!"
Gosto de experimentar pratos exóticos (o ultimo foi carne de crocodilo na chapa) e estou aos poucos a tornar-me adepto da comida africana, o unico senão é o picante, fico com a sensação que não consigo saborear na totalidade os demais temperos (quando não sou eu o cozinheiro...)

Apresentação feita, resta-me comentar esta receita...mais tirar uma duvida...angu de banana...nao percebi bem....fazer a "papinha de bébé" esmagando a banana com um garfo e depois fazer um rolo tipo salame? mais nada?

Cumps
Kabe Ludo

oquefazerprojantar??? disse...

Olá Kabe Ludo,
Que bom que chegou aqui! As experiências culinária são optimas! E um bom pretexto para juntar e fazer amigos.
Pois é isso mesmo, o angú de banana é tal e qual: cozinhar as bananas com a casca, amassar e formar um rolo. Cortar em fatias para servir.
O que sobrou, depois do nosso jantar africano, colocamos no frigorífico e já comemos a companhando outros pratos. É optimo!
Experimenta e conta como foi!

Paula disse...

Que aspecto divinal tem este peixinho... E eu cheia de fome!

Eliana Scaramal disse...

Que diferente o angu de banana. O prato está com uma cara ótima.