domingo, maio 18, 2008

Empada de pato


Hoje a nossa querida titia Piá chegou do Brasil e por isso fizemos uma almocinho caprichado.
A empada de pato que estava já preparada no congelador foi óptimo recurso.
Na hora foi só colocar no forno e fazer uma salada para acompanhar.

Deixamos aqui a receita da massa e do recheio. Já sabem que pode ser congelada e assim terem sempre uma refeição (quase) pronta. Também podem variar o recheio, por exemplo, com frango ou camarão...

Ingredientes:
Para a massa:
250 g de manteiga
500 g de farinha
4 gemas
2 ovos
Uma pitada de sal

Para o recheio:

1 pato temperado préviamente com sal e pimenta
2 cebola
1 dente de alho
5 dl de caldo de galinha
1 ramo de cheiros (alho francês, cenoura, salsa, tomilho e louro)
1 colher (sopa) de farinha
2 colheres (sopa) de azeite
Sal e pimenta q.b.

Preparação:

Comece por preparar a massa:
Coloque a farinha em monte sobre uma superfície de trabalho.
Abra uma cavidade ao centro e nela coloque as gemas, os ovos, a manteiga e o sal. Amasse tudo muito bem, acrescentando, se necessário, um pouco de água até obter uma massa homogénea. Forme uma bola e deixa repousar, num local quente, durante 20 minutos.

Entretanto, leve o tacho ao lume e deixe-o aquecer bem. Coloque o pato dentro deste e deixe-o corar até que a sua gordura comece a derreter.
Acrescente depois a cebola e o alho, ambos picados. Deixe corar um pouco, regue com o caldo de galinha e aromatize com o ramo de cheiros. Deixe cozinhar em lume brando durante, mais ou menos, 50 minutos.
Findo este tempo, retire o pato e reserve o caldo. Deixe a carne arrefecer um pouco, elimine as peles e os ossos e desfie-a.

Hora de preparar o creme:
Descasque 1 cebola, pique-a finamente e refogue-a num pouco azeite. Junte o pato desfiado, mexendo sempre com um garfo até estar tudo bem envolvido. Polvilhe com a farinha e regue com o caldo (coado) de cozer o pato na quantidade necessária para ficar na consistência de um creme. Deixe ferver, não parando de mexer.

Estenda a massa com um rolo e com ela forre uma tarteira, previamente untada. Disponha o recheio na forma e cubra com a restante massa. Pressione o rebordo com os dedos, pique o topo com um garfo.
Se desejar, pode agora congelar.
Depois é só deixar umas horas (ou durante a noite) no frigorífico e
levar ao forno quente durante cerca de 40-50 minutos, até que a massa fique dourada.

Deve servir bem quente.
Acompanhe com uma salada de alface e tomate.

7 comentários:

edinha disse...

Gostei muito desta receita.
Beijinhos

Filipa disse...

Parece deliciosa esta empada!

beijocas

Paulucha disse...

Meus deuuuuusessssss !!!

... as coisas boas que daqui saem !!!

Bjs, Paulucha.
http://www.allsogno.blogspot.com

Marcia disse...

Ai que vontade de ir até aí...
bj

Marcia disse...

Ai que vontade de ir até aí...
bj

Bete disse...

Hummmmmm! Deve ficar ótimo mesmo. Adoror empadão... já faz muito tempo que como carne de pato.
Bom fim de semana e beijokas!

cibercuoca disse...

Qué buena presentación de esta empanada! felicitaciones, la masa de nuestras empanadas no llevan tanta materia grasa, en lo demás es igual. Muy buen blog, felicitaciones! Un beso