terça-feira, setembro 26, 2006

Moqueca de peixe com pirão

Ah... o mar de Angra... se existe paraíso, este lugar deve ser perto! Uma beleza!
O dia estava lindo... o sol a brilhar e o mar azul... a água transparente...

Chegados a casa, que preguiça... e que fome! Mas a Cláudia tinha à nossa espera uma moqueca deliciosa! Acompanhada de pirão e arroz branco. Divino!

Para fazer água na boca, aqui fica a descrição de como foi feito. É um prato simples e sempre com um cheirinho a mar... experimentem e vão ver que a delícia que é.

Moqueca de peixe com pirão da Cláudia


esta já é a mesmo a foto da comidinha deliciosa


Tenha à mão:

Peixe em postas (guarde a cabeça e as postas mais pequenas do rabo para fazer o pirão)
Cebolas
Alhos
Pimentos
Tomates maduros
Tablete de caldo de peixe
Coentros
Louro
Azeite
Leite de coco
Sal e pimenta
Farinha de mandioca para o pirão

Arranje um peixe bom... tempere-o com pimenta, alho picadinho, sal e sumo de limão. Reserve (mais ou menos 10 minutos).

No fundo de uma panela (se for de barro ainda melhor) coloque cebola, tomate e pimento, tudo às rodelas.

Em cima, coloque algumas postas de peixe e cubra outra vez com mais cebola, tomate e pimento; vá alternando as camadas até terminar (a última camada deve ser de temperos).

Por cima de tudo, desfaça um (ou dois, conforme a quantidade de peixe), caldos de peixe (ou camarão), regue com azeite, ponha um bom ramo de coentros, 1 folha de louro, tampe e leve a fogo baixo.

Quando estiver quase pronto (ai o olho e a experiência! nessa hora é que é!), deite por cima um pouco de leite de coco e desligue, deixando a panela tapada por uns minutos.

E já está.
Se quiser deixar o prato mais incrementado, pode ainda juntar camarões e/ou lulas (cortada às rodelas). Nesse caso, a Cláudia sugere que, primeiro, se refogue as lulas e os camarões junto com cebola e azeite; depois é só deitar por cima (quando se junta o leite de coco).

Enquanto a moqueca fica abafadinho a ganhar sabor, faça o pirão.

Para isso, faça um refogado leve com cebola, alho e azeite (só para a cebola ficar transparente). Junte a cabeça do peixe e as postas que deixou reservadas. Cubra com água, tempere com sal, pimenta e uma folha de louro. Deixe cozinhar bem até que o peixe se solte das espinhas.
Retire o peixe (sem peles e espinhas) e reserve.
Coe o caldo e coloque-o numa panela. Acrescente coentros picados e quando o líquido estiver a ferver, vá juntando a farinha de mandioca aos poucos e mexendo sempre (em fogo baixo para não queimar). Não deve ficar muito grosso mas sim um creminho... rectifique os temperos... Vá mexendo para a farinha cozinhar.

Não sabemos mesmo o que é melhor! Quando eu era pequena e a minha mamãe fazia peixe com pirão, eu só comia o pirão...

Numa mesa brasileira, o arroz branco não pode faltar (e, como foi o caso, ainda uma farofinha).

Claro que podem fazer esta receita com qualquer peixe... já tenho feito com peixe congelado e também fica bom... claro que nada tira o lugar de um peixinho fresco, ainda a cheirar a mar!

8 comentários:

Ana disse...

Mas que receita deliciosa, vou experimentar.
O pirao e que nao sei....nao estou a ver como e isso.

oquefazerprojantar??? disse...

experimenta, vais ver que sai bem!
o pirão é assim mesmo... farinha de mandioca cozinha numa água de peixe temperado. Tens de ir pondo a farinha devagar e mexendo sempre. Não sei dizer-te as medidas porque faço sempre «a olho». tens de tentar para ganha o ponto certo.
Sucessos

Eliana Scaramal disse...

Que delícia, moqueca com pirão é tudo de bom..rs

Elvira disse...

Que delícia! Um dos meus pratos brasileiros favoritos, sem dúvida.

Anne Jhéssyca disse...

uma pergunta básica :

serve se for sem o leite de coco ?
alguma outra opção ?

Aguardoo anciosa a resposta!

beeijo

oquefazerprojantar??? disse...

Anne,

o leite de coco... dá-lhe aquele toque tropical...
mas pode não colocar...
consegue-se encontrar leite de coco de várias origens enlatado.
mas se não encontrar, pode sempre utilizar coco ralado deixando-o de molho num pouco de leite de vaca, espremer bem, coar e utilizar o leite.
sucessos!

Anónimo disse...

Gostei da receta. O azeite tem que ser de dende?
Juan de Argentina

oquefazerprojantar??? disse...

Juan:
Não necessita de usar azeite de dendê. Fica muito bom com azeite de oliva.