sábado, fevereiro 17, 2007

Batata-doce




Esta é uma maneira de variar o acompanhamento.
Na verdade foi uma invenção para experimentar uma batata diferente (e é mesmo diferente apesar de ser também uma raiz tuberculosa).

Como fizemos? Muito simples:

Cortamos a batata em pedaços pequenos e cozemos em água com sal (cuidado para não deixar desmanchar).

Colocamos num tabuleiro, salpicamos com alho picado, pimenta e regamos com um fio de azeite.

Levamos ao grelhador para gratinar (usamos o grelhador do microondas, mas pode ser no forno também).

E pronto... já está... este serviu para acompanhar um prato de carne.

3 comentários:

Sabrina disse...

Acabei de conhecer o seu blog e estou fascinada; vou vir sempre aqui! POr falar em batata doce, não sei se conhece essa receita, mas gnocchi de batata doce é mais saudável do que o tradicional e é uma delícia. Abraços.

Ingredientes:
• 1 kg de batata doce
• 1 ovo
• 2 a 3 colheres de farinha de trigo

Sabrina disse...

Eu tenho um post bem detalhado: http://menuatrois.blogspot.com/2009/05/gnocchi-di-patate.html

Além disso, descobri recentemente que há dois macetes para um gnocchi perfeito:

* assim que cozinhar a batata tirar a casca, amassar e fazer a massa. É um pouco difícil manuseá-la quente, mas os chefs garantem que esse é o segredo para a levesa!

* Muitas receitas indicam apenas a quantidade aproximada de farinha e o número de batatas, ressaltando que só se deve adicionar a quantidade de farinha necessária, mas isso não é muito exato... Bem, aprendi uma forma fácil de saber a proporção: vc deve espremer a batata, dividi-la em 4 porções iguais e colocar a quantidade de farinha equivalente à uma porção de batata (levando em conta o volume, não o peso).

Essa receita com a batata doce é ainda mais fácil do que a de batata. Depois que você fizer pode tentar também o de mandioquinha, que é delicioso.

Qualquer dúvida, é so gritar!

PS: vc está me obrigando a fazer o pastel integral de forno; como fica a massa?

Sabrina disse...

Esqueci de linkar esse post, em que falo sobre dar uma seladinha no gnocchi:
http://menuatrois.blogspot.com/2009/05/voltando-ao-gnocchi.html