terça-feira, fevereiro 19, 2008

Empadão da (Mãe) Zinha

Todos nós temos aquele prato preferido... da nossa infância... que foi ficando retido na nossa memória dos sabores e dos cheiros... 

Temos vindo a fazer a pergunta... E deixamos aqui a resposta que a nossa comadre Paulinha nos enviou. A escolha dela foi o empadão de carne... à maneira que a sua mãezinha fazia... 
uhm... é de lamber os beiços!!




Memória de sabores  

Sempre que me perguntam se tenho um prato predilecto, é do empadão da
minha Mãe que me lembro. O que tem de especial? Talvez o facto de ser
feito não só com puré de batata, mas também com arroz, criando uma
textura gustativa distinta da do empadão, para mim, tradicional.
Para comer quente ou frio. Oxalá gostem!

Ingredientes (6 pessoas)

600 gr de carne de novilho, limpa e bem picadinha na hora
1 chouriço corrente (de carne) bem picadinho na hora
Arroz carolino q.b.
600 gr de batatas
200 ml de leite meio gordo
Óleo vegetal q.b.
Sal q.b.
Noz moscada q.b.
1 colher de sopa de margarina
2 gemas de ovo

Cozer o arroz em água temperada com sal (ou aproveitar o arroz já cozido que sobrou);
Cozer as batatas em água temperada com sal;
Numa frigideira larga cozinhar a carne juntamente com o chouriço no óleo vegetal, temperando com sal e noz moscada. Com a ajuda de um garfo ir soltando a carne para não "empastelar" e ficar soltinha.
Depois de bem escorridas, amassar as batatas como para puré, juntando o leite, uma
colher de sopa de margarina e uma pitada de noz moscada.

Num pirex formar uma primeira camada pouco espessa de carne, seguida de uma camada de arroz, nova camada de carne, mais espessa e, por fim, uma camada de puré de batata.

Pincelar toda a superfície com as duas gemas batidas. Enfeitar com rodelas de chouriço.
Levar ao forno pré aquecido até ficar douradinho.

E depois... é só saborear... 

9 comentários:

Elvira disse...

Nada melhor que comida da mãe! :-)

beijinhos.

Migas disse...

Também concordo! Quando vou de férias a Portugal, as maiores saudades são da comidinha da mãe e restante família. Bem diferente este empadão (não conhecia com arroz)!

Beijo

P.S. Vi lá o seu comentário no MCG. É de Angola? Ou tem família cá? :o)

Fabrícia disse...

Comidinha da mamãe é supimpa....melhor impossível....saudades da minha mamãe. Esse empadão me deu uma piscadela...ai que delícia.
Bjcas.

Framboesa disse...

olá!Não me conheces mas eu ja visito o teu blog há imenso tempo e praticamente tds os dias :-)
por isso hj q ando na distribuição de premios, achei q havia um premio q se adaptava bem á blogosfera culinaria, o prémio:Este blog não me sai da cabeça e especialmente ao te cantinho, ao qual volto e torno a voltar!

http://framboesa-arco-iris.blogspot.com/2008/02/guelhardetes.html

Bj

Receitas da Filipa disse...

Comida da mãe é sempre boa é verdade, este empadão deve ser muito bom mesmo.

Beijinhos

Luciana Macêdo disse...

As comidinhas que ficam para sempre na nossa lembrança com certeza são as melhores.
Bjs!

ZAZÁ LEE disse...

Olá

Conheci seu blog e adorei.
embora o meu não seja de culinária...eu não gosto de cozinha... rsrsrsrsrrr. adoro ver as receitas que vcs fazem.

ZAZÁ LEE disse...

Meu Blog
www.espelhosemaco.blogspot.com

Carla disse...

adoro empadão e tenho uma dica. Eu faço sempre com carne cozida, e só depois é que a pico e junto aos restantes igredientes. Assim nãopreciso de estar sempre a separar a carne para não formar grunhos e fica super saboroso. :)