quarta-feira, outubro 12, 2005

Queijo fresco da tia Piedade

Nenhuma reunião fica completa sem o queijinho da tia Piedade! Não pode mesmo faltar!
Pois é, já está na tradição da família... reúne todas as unanimidades de aquém e de além-mar! Porque é o melhor queijo fresco que qualquer um de nós já comeu! Feito com todos os preceitos... (não fosse feito por uma farmacêutica!) e com toda a calma e paciência da tia Piedade.

Divulgamos aqui a receita para quem quiser experimentar. Não é difícil... acho que o segredo está mesmo no carinho e no gosto que se tem... imitar a tia Piedade nisso, é difícil... mas vale a pena tentar!



Queijo fresco (tipo “queijo de minas” brasileiro)

4 litros de leite do dia, 4 colheres (sopa) rasas de sal e 5 gotas de coalho líquido por cada litro de leite (temos usado um da marca "Fabre Ldª").
Misturar muito bem o sal com o leite e levar ao fogo até 36º (utilizar um termómetro de cozinha é importante e é fácil de encontrar).
Juntar o coalho e mexer bem.
Colocar uma tacinha em cima da mistura do leite pois, assim, fica mais fácil verificar quando este está coalhado. Deixar repousar durante 2h.
Passado este tempo, corte o coalho horizontal e verticalmente, para que o soro saia facilmente. Deve usar uma faca de aço inoxidável.
Depois de cortada a massa, agitar a vasilha algumas vezes durante 30 minutos, para que o soro se solte bem.
Retirar porções de massa para um pano tipo “gaze” ou “tule”, apertar um pouco e colocar para enformar em um cincho próprio, colocando um peso em cima (duas pedras em mármore) e aguardar 24h. Pode fazer-se um queijo grande ou vários pequenos (também dá para usar aqueles cestinhos que vêm com o requeijão de compra).
Retirar, então, para um outro recipiente (se possível, convém utilizar um com pequenos furinhos, a fim de escorrer o soro que vai largando).
Guardar no frigorífico.

É delicioso!
E, como diz a tia Piedade, para não desperdiçar o soro, pode fazer-se ricota (equivalente ao requeijão português).


Requeijão (Ricota)

Com o soro que saiu do queijo fresco, faz-se a ricota. Levar o soro que saiu do queijo fresco ao fogo e quando atingir a temperatura de 70º, juntar três litros de leite normal e esperar atingir 80º.
Colocar então meia chávena (chá) de vinagre branco e levar ao fogo até levantar fervura, deixando ferver uns 10 minutos.
Tirar da panela aos poucos, procedendo-se da mesma maneira como para o queijo.

E, quem quiser, pode, ainda, fazer um queijo creme (no Brasil chama-se a esse creme, requeijão)

Queijo creme (Requeijão)

Colocar no liquidificador 500grs de ricota, 200grs de manteiga com sal e 1 copo e 1/2 de leite fervendo (copo pequeno). Bater tudo muito bem, ligando e desligando o liquidificador. Guardar, em copos, no frigorífico.

Qualquer um destes é delicioso!

mama

7 comentários:

maria do carmo disse...

Gostei muito de ver a receita do queijo Minas publicada, valeu.

mama disse...

Que bom que gostou! Agora a receita vai correr mundo!

Anónimo disse...

amei a receita vou tentar faser pois amo queijo deus abencoe,,,,,,,,,,,,,,,,

oquefazerprojantar disse...

obrigado!
experimentem mesmo a fazer pois não é mesmo nada difícil.
Depois contem como foi.

Manu disse...

Oie,

Onde posso comprar coalho líquido? Adoraria experimentar essa receita.
Obrigada!

oquefazerprojantar disse...

Oi, manu!

Nós costumamos comprar na farmácia ou drogaria.
Espero que encontre.
Experimente o queijinho e vai ver que gosta!

Anónimo disse...

porque as veses que eu faso queijo fica com gosto de azedo,,,